Neo-realismo

"O Neo-Realismo continuará a revolução copernicana do Naturalismo. Mas não irá limitar-se a objectividade ou objetivismo, ou a impersonalidade desarmada de uma interpretação científica do Homem ou da Sociedade. A metodologia poderá ser a mesma, mas sua diferença profunda é que, enquanto o Naturalismo. . . considera o Homem um produto biofisiológico-ambienta1 duma sociedade estática, o Neo-Realismo tentará explicá-lo.. . como um produto das forças sociais, políticas- e econômicas no contexto de uma Sociedade em permanente evolução"

Bibliografia

PINHERO TORRES, Alexandre (1977) O Neo-Realismo Literário Português. Lisboa, Moraes Editores, p . 30. Em: FEUSER, Willfried F. (?). Volk Ohne Raum, de Hans Grimm E Terra Morta de Castro Soromenho: Dois Romances Europeos sobre a África. 

Disruptiva’s diagram, as well as the selected materials contained in its archive, is published under the following Creative Commons licence: Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported. The materials contained in the archive consist of excerpts and quotations that remain the copyright of their respective authors.